Quem sou eu

Minha foto
“A humildade não é apenas uma graça ou virtude como outras, ela é a raiz de todas, pois somente com humildade toma-se a atitude correta diante de Deus, e permite-se que Ele faça tudo”.

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Ela veio para brincar.


A chuva cai lá fora

e a lembrança de uma menina, retorna .

Uma tarde, uma liberdade natural,

de brincar na chuva,

de dançar abraçada com os pingos,

de olhar para o céu e não se preocupar em adoecer,

mesmo quando a voz de mamãe grita:

_ Guria, entra, vais adoecer.

Respeitava a sensatez de todas as mães,

mas neste momento, a menina não enxergava esta sensatez,

ela só enxergava o que sentia:

___ Mãe, é a chuva! É a chuva!!Como ela vai me ferir?

Ela veio brincar comigo.

Hoje esta menina quer voltar,

quer brincar.

A sensatez me diz que poderei ficar doente.

Mas a menina deseja,

brincar novamente.

E a adulta aqui,

vai abandonar um pouco a sensatez,

e brincar com a chuva.

Cléu

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Psiu! Sinta!



Psiu!! Ouça o som chegando, a música invadindo tua alma,

teu espaço, tua alma.

Psiu!!Sinta o dedilhar em teus sentimentos,

cada nota em teus pensamentos.

Hei, pare um pouco!

Não corra muito, sinta!!

Permita-se sentir!

Larga tudo, coloca aquela música,

fecha os olhos e sinta.



Cléu

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Novidades

Quando penso em novidade, quando perguntam por novidades, sempre penso ou respondo que a novidade está em nossas forças serem renovadas, em nossas relações serem fortalecidas e em nossas vidas serem de monotoalegrias. Cléu

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Ela

Ela é uma poesia cantada, é o sol que faz toda a diferença num dia cinzento, é a flor que floresce mesmo no deserto. Cléu

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Aos amigos...

Aos amigos de perto, aos de longe Aos amigos de tempos, aos de agora Aos amigos que foram, aos que estão chegando. Aos amigos falantes, aos calados. Aos amigos exuberantes, aos discretos. Aos amigos comilões, aos moderados. Aos amigos de uma temporada, aos amigos que são para todas as temporadas. Gratidão por existirem!!

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Saudades do meu cantinho!!!

Existem momentos que a saudade não se explica, não dá para definir exatamente por que ontem não sentíamos saudade e hoje sim. Ela faz ser lembrada, sentida!! Simplesmente ela chega!!

domingo, 4 de dezembro de 2016

Verbalizar o que sentimos.


A inspiração está no amanhecer e no anoitecer,
no silêncio e no barulho,
na dor e na alegria,
na tempestade e na calmaria,
no voo e no pé no chão,
na pedra e na montanha,
na chuva e no sol,
na vida e na morte,
no ir e vir,
no desamor e no amor.

A inspiração
nos faz verbalizar o que sentimos.

                         Cléu

terça-feira, 28 de junho de 2016

Sou feliz por aquilo que foi e me amadureceu.

" Sou feliz por aquilo que foi e me amadureceu, por aquilo que é e sustenta a minha vontade, por aquilo que será e me mantém curioso.
Sou feliz atento, sou feliz distraído, sou feliz cedo, sou feliz tarde, sou feliz por arrumar a cama ajudado pelas mãos do sol. Feliz como se houvesse uma música que sempre gosto de ouvir tocando em meu sangue. Há em mim esperança mais do que expectativas, contentamento mesmo quando reina o silêncio."

Fabrício Carpinejar

quarta-feira, 6 de abril de 2016

O "novo"


                                                   O coração pulsa,
                                                        a mente voa,
                                                            as mãos se agitam,
                                                                as pernas tremem ,
                                                                    é a vida pulsando,
                                                                       é o " novo" chegando.
                                                    __ Que "novo" é esse?
                                                    __ Não sei. Só sei que é o "novo".

                                                                                          Cléu

segunda-feira, 28 de março de 2016

Quando a sua história me tira para dançar.

Voltando ao meu cantinho compartilho esta poesia cantada de Oswaldo Montenegro.

Quando a sua história tira a minha para dançar
Como bailarina salta e gira sem cansar
Vence a gravidade e fica leve até voar
Vendo a gente toda a gente busca o seu par
Quando um coração se acalma e volta pro lugar
A esperança sonolenta acorda e vai brincar
Toda a melodia é um farol guia em alto mar
Quando uma canção consola alguém valeu cantar
Quando uma canção consola alguém valeu cantar.


Que " histórias" nos tirem para dançar.