Quem sou eu

Minha foto
“A humildade não é apenas uma graça ou virtude como outras, ela é a raiz de todas, pois somente com humildade toma-se a atitude correta diante de Deus, e permite-se que Ele faça tudo”.

sábado, 12 de março de 2011

A ausência de Jesus


A ausência de Jesus,quão penosa é esta sensação quando o conhecemos e em algum momento de nossas vidas sintimos a falta Dele, o vazio. Vamos a lugares e sentimos que alguém não está(a Sua presença),sentimos o peso da ausência Dele.

Hoje, assistindo a um vídeo onde o André Valadão e a Nívea Soares falaram de suas experiências quando estiveram no Japão:
" O que mais me impactou é como naquele país não existe Jesus, não existe o cristianismo, você fala Jesus e para eles é um nome que não existe,aquilo me marcou demais, me desesperou.Já existe um tsunami a muito tempo naquele país."(André Valadão)

"Acredito que é tempo de nos desesperarmos pelas nações, eu já tive no Japão e é a mesma sensação,André.A sensação da ausência de Jesus, da ausência.É triste quando dentro de uma cultura Jesus é ausente, nós não valorizamos a presença de Jesus como devemos valorizar.Que o nosso coração queime e se disponha a fazer diferença."(Nívea Soares)

Ao ouvir estas palavras fui pesquisar sobre o Japão e encontrei:
RELIGIÃO: xintoísmo e religiões derivadas 51,3%, budismo 38,3%, cristianismo 1,2%, outras 9,2%
Apesar de todas as dificuldades aqui no Brasil e de desejarmos o mais de Deus, o Japão é país que não tem quase de Deus, existem missionários sim pregando a Palavra de Deus;mas este Tsunami é um alerta de que tem um povo morrendo espiritualmente e que devemos levantar um clamor, chorar por este povo,lembrar-mos deles em nossas orações.

Ficamos tão atentos as nossas necessidades,ao nosso dia-a-dia,às nossas mágoas, nos trancamos por que alguém pisou em nossos pés e esquecemos que milhares de almas precisam de nossas orações.

Podes dizer:
_Mas aqui no Brasil também tem pessoas perecendo, que precisam ouvir a Palavra de Deus. Claro que tem e não é para nos esquecermos deles,mas jamais devemos nos esquecer das nações.

O que fazer? Não podes ir lá?Que possamos pisar nestas nações através da intercessão.A intercessão de um homem só pode afetar uma nação:
"E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro, e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; porém a ninguém achei. Por isso eu derramei sobre eles a minha indignação; com o fogo do meu furor os consumi; fiz que o seu caminho recaísse sobre a sua cabeça, diz o Senhor DEUS." ( Ezequiel 22,30-31)

Nessa passagem, vemos o poder da intercessão. Deus estava buscando entre os homens ,
alguém que se colocasse na brecha perante Ele por Jerusalém e não encontrou.
*Se não fosse a intercessão de Moisés e Israel teria sido totalmente destruído; não fora a intercessão de Daniel e o povo não teria regressado da Babilônia; Ló teria perecido em Sodoma se não fosse a intercessão de Abarão. Se Cristo não estivesse à direita do Pai intercedendo por nós, há muito teríamos perecido em nossos pecados . Nascemos como filhos de Deus pela intercessão e crescemos por meio dela. Tudo quanto alcançamos no reino do espírito é pela intercessão feita por nós ou por outros.
..."porém a ninguém achei." Que Deus possa nos encontrar!
Clamemos pelas nações!

* Este parágrafo é do livro "O Poder da Intercessão" de Valnice Milhomens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário